Estou estressado, e dai?


EU POSSO REAPRENDER NOVOS HÁBITOS


A partir do momento que você cria novos hábitos de autocuidado contribuirão para uma melhora da sua saúde física e psíquica.


É preciso dar um tempo para você entender e (RE) aprender quais são suas necessidades, desejos. O autocuidado está relacionado ao bem-estar próprio, a sua saúde física, mental e emocional.


Se você se encontra num estado de tensão emocional e estresse crônico vindo de condições de trabalho desgastantes em sentido emocional, psicológico e físico, por exemplo, se não iniciar rotina de novos hábitos poderá chegar à síndrome de burnout que essas são suas principais características.

Esse distúrbio psíquico está no grupo 24 do CID-11 (Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde).

Em decorrência dessa tensão e estresse crônico, poderá apresentar os seguintes sintomas:


● Agressividade;

● Isolamento;

● Irritabilidade;

● Ausência no trabalho;

● Mudanças no humor;

● Dificuldade de concentração;

● Lapsos de memória;

● Pessimismo;

● Insônia;

● Enxaqueca;

Sudorese.


Como está seu Stress??!!



Existem recursos que podem auxiliá-lo com o stress. Escolha algum deles e comece a praticar.


Aqui estão algumas dicas para deixar o STRESS de lado:


Movimente o corpo, busque a atividade física que te proporcione prazer, libera endorfina; colabora com a qualidade do sono, previne a depressão e diminui a ansiedade;

Pratique exercícios regularmente

Saiba lidar com as boas emoções e também com as desagradáveis, mas que fazem parte da vida;

Reconheça seus limites;

Busque ajuda quando necessário;

Psicoterapia irá auxiliar na identificação e mudança dos padrões (pensamentos e comportamentos);

✔ Faça uma pausa e desligue-se do que lhe preocupa por alguns minutos;

✔ Respire fundo, prestando atenção no ritmo da sua respiração, até se acalmar;

✔ Faça um desenho ou uma ‘rodada’ de palavras-cruzadas para tirar a mente dos problemas;

✔ Pratique yoga ou meditação para se desconectar dos problemas;

✔ Procure um lugar isolado e dê alguns saltos;

✔ Alongue o seu corpo com calma;

✔ Faça massagens frequentes e busque agendar um tempo semanal para se desligar do trabalho e das obrigações;

✔ Tenha uma boa alimentação, saudável com frutas, verduras;

✔ Pare e se pergunte: Essa situação é tão horrível assim? Estou avaliando o que está acontecendo com o peso certo?

✔ Tenha em mente que fases ruins fazem parte da vida, mas não significam ‘o fim do mundo’.


Resumindo, lembre-se que a prevenção e a promoção de saúde são de fundamental importância para gerenciamento do stress.

Se reconhecemos o problema, a questão que se coloca é como lidar com o stress? Assim, podemos reaprender novos hábitos e essas atitudes antistress auxiliarão numa boa gestão do mesmo o que minimizará as consequências no organismo.


Quem cuida da mente, cuida da vida!

“Não podemos acrescentar dias a nossa vida, mas podemos acrescentar vida aos nossos dias”. Cora Coralina